segunda-feira, 24 de novembro de 2008

36 MESES DEPOIS...

O mesmo que três anos. Vence hoje a última prestação do meu carro e já está paga. Numa escala bem menor, imagino estar sentindo a mesma sensação de liberdade dos escravos alforriados na época do Brasil Colônia. Sinto um alívio imenso ao saber que não verei aquele carnezinho vermelho da Finasa nunca mais!

Se neste exato momento eu fosse uma música, poderia ser "Quebre as correntes" da banda Fresno. Emo, né? Mas é um momento emotivo mesmo. Emocionante! Só não dá vontade de chorar porque não sou emo, mas se chorasse estaria completamente perdoado.

Mesmo amando o meu Azulão, que já me ajudou tanto e nunca me deixou na mão, apesar de uns sustos vez ou outra, dá vontade de vendê-lo e logo comprar outro, fato! Mas o momento não é oportuno. Em época de crise econômica global ou se paga a vista ou se espera, é o que farei. Quem sabe em janeiro de 2010? Até lá o Azulão ainda tem muitos quilômetros para andar, curvas para desbravar e aventuras pra viver. E eu vou junto, claro!

6 comentários:

Fábio disse...

Parabéns, rapaz!
Eu sei bem como é isso. Na verdade, não sei ainda, porque diferente de você, pra mim ainda faltam 32 parcelas hahahaha....
Parabéns, novamente! Um dia eu chego lá.

Abraço

fran aleixo disse...

Olá, vc comentou la no Jornalistas de Coração...entao nao conheço a pessoa q vc falou...mas o sobrenome é incomum...devemos ter algum parentesco...mesmo que seja de longe! Obrigada pela visita, parabéns pelo seu blog!

Fellipe disse...

E ae Cessel, tudo bom?
Valeu por ter comentado no blog. Obrigado pelo seu desejo. Espero que assim como os meus sonhos, os seus se realizem também.

Sobre o carro, "ufa" né meu irmão? Dá um alívio tão grande quando a gente sabe que é nosso realmente, que num precisa pagar mais nada né? Sorte pra você e pro seu Azulão também!

Abraço.

Kérow More Ice disse...

Amor, parabéns. Tenho muito orgulho por vc!

Mari disse...

Bem, é uma boa época para quem tem dinheiro na mão, os preços estão baixando mas em caso de financiamento aí é um tiro no escuro.

cintia sibucs disse...

adorei a comparação com os escravos! hahaha!
parabéns, é uma conquista, heim?! 36 meses são +/- 1095 dias...