quinta-feira, 18 de junho de 2009

TENDÊNCIA PUBLICITÁRIA

O mundo sempre foi guiado por tendências, sejam elas ligadas à moda, comportamento, comida, religião etc, e isso não seria diferente com a publicidade. Desde o início dos anos 2000, quando o Brasil iniciou seu boom de crescimento em número de internautas, o mundo publicitário virou seus olhos para essa poderosa ferramenta de divulgação.

Depois de uma fase de flerte e experimentação com a publicidade on-line, o mercado parece ter se decidido por oficializar sua relação com o mundo virtual. Prova disso é o fato da receita gerada por publicidade na internet ter atingido R$ 19,5 milhões em janeiro de 2009, o que representa 4,4% de todo o investimento publicitário do mês, segundo pesquisa do Instituto Inter-Meios.

A publicidade on-line está por todos os lugares onde você navegar, seja nos links patrocinados do seu e-mail, nas buscas realizadas no Google ou nos portais de notícia e blogs espalhados pela rede. Muitos blogueiros, inclusive, já começaram a viver apenas da receita gerada por publicidade em seus blogs.

Após atingirem o Orkut e o MySpace, a nova arma das grandes empresas para conquistarem mais consumidores é o microblog Twitter. Numa rápida pesquisa, é possível encontrar o Twitter de grandes empresas como a Coca-Cola, a Livraria Saraiva, as Casas Bahia e a Editora Ediouro, todas fazendo divulgação de seus produtos, anunciando ofertas e criando promoções para atrair seguidores e divulgar suas marcas.

Apesar de serem poderosas ferramentas de comunicação, as redes sociais devem ser usadas por empresas que tenham, de fato, algo à dizer aos seus seguidores, caso contrário correm o risco de dar um tiro no próprio pé. É importante também aliar a utilização dessas redes com uma boa estratégia de marketing e acompanhada de uma programação tradicional de divulgação, ou seja, elas são excelente mídias de apoio à campanhas publicitárias e estratégias de marketing, mas ainda não têm a força necessária para substituir a forma tradicional de se fazer propaganda.


EDITANDO (19/06/2009)
Eu e Cíntia passamos horas tentando entender como funciona o Twitter e não conseguimos. Chegamos a conclusão de que a praia de velho é usar blog mesmo.

4 comentários:

Kérow More Ice disse...

Então larga de ser bobo e cria um pra vc!!!

cintia sibucs disse...

Hahaha! Nossa, me senti um peixe fora d'água.
Mas acho q temos q tentar de novo.
¬¬

cintia sibucs disse...

atualizando...
o anselmo fuçou tanto que agora já tem seu próprio 'tuíter'.
mas eu ainda estou resistindo... rsrrs!

^^ (olho de gatinho emo)

Daniel disse...

Odeio o Twitter com todas as minhas mitocôndrias. Até tenho um, só pra dizer-que.

Também prefiro o bom e velho blog, com zilhões de caracteres de possibilidade de texto, imagens e idéias.

IdÉia mesmo, sem Acordo Ortográfico, pelo amor de Deus. Se pudesse, cancelaria todos os acordos e reformas ortográficas até antes de 1939, quando éramos mais felizes com a ortographia pseudo-etymologica — pelo menos respeitávamos as 7 vogais orais da nossa lingua ao exigir accento differencial em E e O. A proposito, a accentuação era mais simples, mas o proposito era mais complicado *hehehehehe*