terça-feira, 7 de julho de 2009

PUBLICIDADE QUE CHOCA, TAMBÉM EDUCA?

Quando se trata de conscientização popular, um dos recursos mais utilizados por instituições e governos é a publicidade que choca ao transmitir a mensagem, confrontando o cidadão diretamente com o fato que se deseja alertar.

Não por acaso essas propagandas acabam fazendo muito sucesso e se espalham rapidamente pela internet, pois vão fundo na natureza da informação e transmitem a mensagem de forma clara e direta.

O mais novo caso vem de Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia, onde outdoors espalhados por estradas da região alertam os motoristas dos perigos de se dirigir em dias chuvosos.

"Chuva muda tudo. Por favor, dirija de acordo com as condições climáticas."

Os outdoors possuem sensores que jorram um líquido vermelho quando chove e retorna ao normal assim que o sol aparece. A inovação garantiu à agência Colenso BBDO uma premiação no Festival Publicitário Internacional de Cannes, segundo a BBC Brasil.

Outra campanha que visa a conscientização no trânsito foi lançada pelo Governo Federal nas principais rodovias do Brasil. A campanha trás uma enorme garrafa de bebida com um carro acidentado dentro. Junto à garrafa, a frase "Qualquer dose pode ser a gota d'água". Não é das mais impactantes, mas certamente alerta o motorista para o perigo de misturar direção e bebida alcoólica.

Uma das campanhas de conscientização que mais me chocou até hoje foi a produzida pelo corpo de bombeiros dos Estados Unidos. O video abaixo nos ensina como apagar um incêndio provocado por panela esquecida no fogão e no final nos deixa cara a cara com o que pode nos acontecer caso a atitude correta não seja tomada.

"Nunca jogue água, os efeitos podem ser devastadores."

Um dos assuntos que mais se utiliza da publicidade chocante é a luta contra a Aids. Esse tema já foi explorado pelas mais variadas empresas e agências de publicidade, que tentam de todas as formas mostrar a população os riscos de se praticar sexo sem camisinha. A MTV, que sabe se comunicar muito bem com o público jovem, levou esse video ao ar na Europa.


"Exija que seu parceiro use preservativo."

É claro que apenas um comercial chocante ou uma ação de marketing provocante não resolvem sozinhos o problema, é preciso uma série de esforços para mostrar a população os perigos que pequenos atos podem trazer às nossas vidas, mas a julgar pela reação que já vi de algumas pessoas ao se depararem com essas situações, é um grande passo para a solução do problema.

E agora, para tentar responder o título desse post, você se sente motivado a mudar de atitude quando se depara com esse tipo de propaganda?

Twitte isso clicando aqui.

3 comentários:

Kérow More Ice disse...

Depende.

Cintia disse...

eu sou publicitária e já enxergo esse tipo de publicidade de outro jeito. mas de qquer forma, acho super válidas essas campanhas e acredito que atinjam a grande massa, que é o que realmente interessa.
ótima postagem!

Mari disse...

Eu acho que as imagens chocantes ficam guardadas na memória por mais tempo, mas se funciona mesmo eu não sei.

Pena que não pude ver os vídeos.